Posts found under: brincadeiras Archives - Colégio Evolve - Telefones: (11) 3502-7100 – (11) 99990-5440

Como as crianças escolhem os brinquedos?

Os brinquedos, jogos e brincadeiras são de fundamental importância na vida da criança e devem estar presentes na rotina, para estimular capacidades como concentração, memória, e promover desenvolvimento físico, intelectual, emocional. “Estimular os filhos a brincar com uma variedade de opções, independentemente do sexo, favorece o desenvolvimento de habilidades importantes para a vida adulta”, afirma a psicopedagoga Michelle Pereira de Moraes Leite, do Evolve Berçário e Colégio Infantil, em São Paulo.

No entanto, muitos pais e até educadores insistem em separar os brinquedos de menina e brinquedos de menino. “Entendo que os pais não gostam de ver a filha brincar com carrinho ou o filho com boneca, mas, para a criança, no momento da interação com o brinquedo, é apenas um brinquedo. Para ela, não há essa diferença ao brincar com algo que socialmente pertence a outro gênero. Essa diferença só existe na cabeça dos adultos”, diz.

Como as crianças escolhem os brinquedos?

Ela explica que realmente existem diferenças no desenvolvimento de certas áreas do cérebro, o que faz com que meninos sejam mais ligados a questões visuais (e utilizem brinquedos como ferramenta para empilhar, montar) e meninas a linguagem e afetividade (sendo mais atraídas por bonecas, por conta do rosto). E diz que a “troca de papéis” nas brincadeiras não influencia na orientação sexual das crianças e ainda ajuda a aprender a lidar com as próprias emoções.

Tem diferença entre brinquedos de menino ou menina?

“Os meninos também têm hormônios femininos, só que em menor proporção. Ao brincarem de boneca, ficam mais compreensivos, mas é diferente da maneira que as meninas brincam. Não quer dizer que ele tem preferência por esse brinquedo, apenas que está explorando o objeto ou reproduzindo o que já viu, como o pai cuidando de um irmão. Por que privar a menina de brincar de carrinho se, no dia a dia, ela vê sua mãe dirigindo? Na brincadeira não tem sexo, todos têm os mesmos direitos”, diz.

O problema é que, quando se espera de um menino ou uma menina os padrões a serem seguidos, costuma-se cair no preconceito. “É normal que, na fase do desenvolvimento infantil, as crianças queiram explorar variedade de brinquedos. Se os pais passam a reprimir a exploração, podem prejudicar o desenvolvimento do filho. Por isso, não devem fazer diferenciação de gênero”, afirma.

O mesmo vale para as escolas, pois, quando mantêm esses estereótipos, as crianças passam a reproduzi-los no cotidiano e se torna algo negativo. “As crianças precisam vivenciar para descobrir coisas novas”, finaliza.

Bolsa de Mulher

ColegioEvolve

Leia mais...
Rua Clementine Brenne, 385 | Morumbi – São Paulo / SP – CEP:05659-000 | contato@colegioevolve.com.br
Telefones: (11) 3502-7100 – (11) 99990-5440