Posts found under: Berçário Archives - Colégio Evolve - Telefones: (11) 3502-7100 – (11) 99990-5440

Festa junina se torna elemento pedagógico nas escolas

Festa Junina: crianças dançando quadrilha

Comemorada durante o mês de junho, a festa junina é uma das principais festividades populares do calendário brasileiro. Ela traz um retrato da diversidade do país através das comidas, danças, músicas e histórias típicas. Sua riqueza cultural é tamanha que a festa tornou-se um evento tradicional no calendário escolar.

(mais…)

Leia mais...

A Licença maternidade está acabando: hora de escolher a escolinha

A Licença maternidade está acabando: hora de escolher a escolinha

A licença maternidade está acabando ou sua babá vai embora ou você finalmente decidiu em família que é hora de colocar seu pequeno em uma escolinha. Seja qual for o motor da sua decisão, na maioria das vezes, a mãe se sente culpada por deixar o filho na escolinha, com pessoas estranhas e outras crianças.
(mais…)

Leia mais...

Introdução dos alimentos na dieta do bebê: passo a passo

Introdução dos alimentos na dieta do bebê: passo a passo

Saiba quando introduzir os alimentos na dieta do bebê, cuidados ao preparar as papinhas e muito mais

Como deve ser a primeira papa que vou introduzir na alimentação do bebê? O quanto oferecer? E depois, quais oferecer as outras papas? A seguir, elaboramos um guia definitivo da introdução dos alimentos na dieta do bebê que responde essas e muitas outras questões. Confira:
(mais…)

Leia mais...

8 Dicas para aplicar Shantala no seu bebê

O simples ato de fazer massagens no bebê ou na criança pode ajudar a torná-los mais calmos, conscientes do próprio corpo e até auxiliar no combate às cólicas, além de melhorar a respiração, o sono e a relação entre aquele que pratica e aquele que recebe a massagem. Mas não se trata de uma massagem qualquer: a técnica conhecida como ‘Shantala’, nascida na Índia e difundida pelo obstetra Fréderic Leboyer, vem sendo cada vez mais recomendada devido às suas inúmeras vantagens.

De acordo com a doutora Etles Maziero, psicoterapeuta do colégio Evolve e especialista na técnica indiana, a prática é indicada para crianças com idade entre zero e nove anos e pode ser aplicados por mães, pais, educadores e babás.

“O toque da Shantala tem a propriedade de resgatar vínculos afetivos entre criança e a mãe, ou de construir fortes vínculos entre a criança e a massagista (babá, educadora) que a aplica”, destaca Etles.

Por todos esses benefícios, a especialista recomenda que a prática comece cedo, podendo se estender até a pré-adolescência. No entanto, é preciso aprender a técnica corretamente, o que pode acontecer por meio de cursos.

É muito importante que exista uma rotina para a massagem e que o ambiente escolhido ofereça calma e tranquilidade. Além disso, as manobras devem ser sutis, para que a introdução e a assimilação da técnica se deem da melhor forma possível.

Para as crianças maiores, Maziero recomenda a reflexologia. “É um toque da massagem que se faz nos pés, mãos, cabeça e rosto. As crianças gostam muito e até aprendem a fazer em si própria e em seus amiguinhos.”

Aprenda a fazer a Shantala

A técnica deve ser realizada ao menos uma vez por dia. Cada movimento deve ser repetido de três a dez vezes.

Sente no chão, deite o bebê totalmente despido no seu colo. Você deve estar com as costas apoiadas na parede e as pernas esticadas. Faça movimentos leves, deslizando as palmas das mãos do centro do peito do bebê para as axilas, depois do peito para os ombros;

Envolva o bracinho do bebê como se fosse um bracelete e deslize a mão do ombro ao punho;

Abra a mãozinha do bebê com os polegares, indo desde a palma até os dedinhos, depois massageando cada um deles;

Com as mãos em “concha”, deslizando a parte externa das mãos das costelas até o quadril;

Da mesma forma que fez com o bracinho, envolva a perna do bebê como um bracelete e vá da virilha ao tornozelo;

Movimente os polegares no pezinho e nos dedinhos do bebê; também massageie cada um dos dedinhos;

Depois, com o bebê de costas, faça movimentos de vai e vem da nuca ao bumbum e depois subindo;

Com o bebê de volta na posição inicial, faça movimentos na testa do bebê, contornando os olhos; depois, em direção às maçãs do rosto e queixo.

Chris Flores

babyevolve

Leia mais...

Como escolher o berçário para o seu filho?

Como escolher o berçário para o seu filho
A decisão de colocar o filho no Ensino Infantil não é nada fácil. Separar-se da criança ou até mesmo do bebê é, em muitos casos, doloroso para os pais. No entanto, diante da necessidade de trabalhar fora por longos períodos, os pais veem no berçário ou na unidade infantil uma opção para que os filhos fiquem em boas mãos. Segundo o Censo Escolar, as matrículas em creches (destinadas a crianças de 0 a 3 anos) aumentaram 65,1% de 2008 a 2014. São cerca de 58,6 mil escolas que oferecem o serviço no país.

Apesar da grande procura pela Educação Infantil – que, no Brasil, corresponde às crianças de 0 a 6 anos -, muitos pais ainda ficam em dúvida com relação ao momento certo de deixarem os filhos sob os cuidados da escola. Para a psicóloga Ana Cássia Maturano, falar em um momento ideal apenas angustia os pais, que devem, na verdade, observar as suas próprias necessidades e também as da criança.

“Hoje, algumas mães conseguem licença maternidade de até seis meses. Outras conseguem licenças premium e férias e estendem até o sétimo ou oitavo mês. Outras conseguem só até o quarto mês. Falar em ideal é complicado, pois angustia as mães. Não se trata de ideal, mas sim do possível”, afirma Ana Cássia.

Os pais devem levar em conta que a experiência de colocar a criança no Ensino Infantil pode ser benéfica. Esses benefícios incluem o desenvolvimento da autonomia, da cognição, linguagem e socialização. “Enquanto em casa a criança teria contato no máximo com os irmãos, na escola ela aprenderá a conviver e a dividir”, afirma Ana Cássia.

Estímulos e desenvolvimento
Um grande benefício de colocar o filho no Ensino Infantil é o desenvolvimento de autonomia, principalmente porque, em muitos casos, os pais têm “pena” de tomar atitudes como a retirada da fralda e da chupeta. No colégio, essas etapas são naturais, e, com a ajuda dos pais – que não devem abrir exceções quando o filho está em casa, cedendo à chupeta, por exemplo – a criança desenvolverá sua autonomia desde cedo. Além disso, no colégio a criança será estimulada por profissionais.

Kelly Barros, berçarista no Colégio Evolve, em São Paulo, explica que o trabalho de estímulo com os bebês e as crianças pequenas envolve tanto a linguagem quanto a experiência tátil e o desenvolvimento motor. São realizadas atividades como circuitos e passeios pelo colégio, contação de histórias e experiências musicais – quando as cuidadoras cantam para as crianças.

O Colégio trabalha com um sistema que permite tanto que os pais deixem os filhos todos os dias no colégio quanto em dias específicos. Para Lisley Amado, coordenadora pedagógica do Evolve, quanto maior a frequência da criança melhores os resultados alcançados, já que é necessária uma adaptação às cuidadoras e ao ambiente, além da vivência de um projeto, possibilitando o desenvolvimento de forma mais ampla.

Escolas especializadas
O momento de escolha da escola em que se deixará o filho é outra preocupação que aflige os pais. Além de procurar um lugar confiável e com referências, outro ponto destacado pela psicóloga Ana Cássia Maturano é a importância de buscar colégios específicos para o Ensino Infantil – ou que, no caso dos colégios maiores, possuam um prédio separado para este fim. Isso porque a criança deve ser introduzida ao ambiente escolar aos poucos. “É como uma casa da vó que vai se ampliando, e, aos poucos, vai introduzindo coisas mais parecidas com uma escola”, compara a especialista.

No caso das crianças menores, principalmente dos bebês, é fundamental que exista um ambiente sereno, acolhedor, aconchegante – que facilite a adaptação da criança e permita que ela se sinta confortável, o que é percebido mesmo pelos mais novinhos. “O bebê percebe os sons e vozes desde que está na barriga da mãe”, diz Lisley Amado, coordenadora do Evolve.

http://criandocriancas.blogspot.com.br/2015/08/como-escolher-o-bercario-para-o-seu.html

Como escolher o berçário para o seu filho

Leia mais...

Colégio Evolve

O Colégio Evolve Berçário e Educação Infantil foi construído em uma ampla área de 1.500m² atendendo às especificações de um projeto arquitetônico especialmente criado para abrigar com conforto e segurança uma escola de educação infantil.

Nossos espaços são claros e arejados, dispostos ao redor de um pátio central repleto de iluminação natural. Essa conformação confere grande visibilidade interna e mínima visibilidade externa, o que possibilita maior acesso visual aos coordenadores e diretores em relação a todas as atividades desenvolvidas a cada momento dentro da escola, ao mesmo tempo em que preserva nossas crianças de qualquer possibilidade de observação externa.

MISSÃO: Cuidar e educar crianças de 0 a 6 anos, complementando o papel da família e atendendo às necessidades sócio-afetivas, cognitivas e motoras. O Colégio Evolve entende que educar é formar indivíduos atuantes e transformadores da nossa sociedade.

VISÃO: Ser um espaço de convivência que priorize as interações entre as crianças, os educadores e os conhecimentos do mundo que os cerca.

VALORES: Acreditamos que somente os valores tradicionais da família, do trabalho e da virtude são capazes de construir uma sociedade mais harmônica, feliz e próspera.

Leia mais...

Tapioca na Alimentação Infantil

EXPERIMENTAÇÃO DO MÊS – A BRASILEIRÍSSIMA TAPIOCA

Prato tipicamente brasileiro, da região norte e nordeste, a tapioca vem conquistando muitos adeptos. Proveniente da mandioca, é uma deliciosa substituição do pão nosso de cada dia, com um grande diferencial: não possui glúten, por isso pode ser consumida por quem é intolerante a ele. Aceita muitos recheios, mas queijo coalho e/ou coco são os mais tradicionais.

No lanche das crianças da Educação Infantil do Colégio Evolve, tem tapioca recheada com doce de banana, doce de maçã, queijo branco e peito de peru.

tapioca1

Leia mais...
Rua Clementine Brenne, 385 | Morumbi – São Paulo / SP – CEP:05659-000 | contato@colegioevolve.com.br
Telefones: (11) 3502-7100 – (11) 99990-5440